Dez são presos por roubos de carros

Da noite de terça-feira até a manhã de ontem, três quadrilhas foram detidas. Uma delas teria ações em todas as capitais do País
Angélica Queiroz / Cejane Pupulin
Em 25/05/2012, 01:02

Nos últimos dois dias, dez pessoas foram presas na Região Metropolitana de Goiânia acusadas de envolvimento com roubo de veículos. Na quarta-feira, quatro homens foram detidos com quatro veículos roubados e com suspeita de serem integrantes da quadrilha de André Daher – apresentado pela Polícia Civil dia 8 de dezembro de 2011 como “especialista” em roubo de veículos de luxo. Ontem, cinco pessoas foram presas com um Renault Clio roubado em Aparecida de Goiânia. No mesmo dia, um homem foi identificado na capital com cinco veículos locados e revendidos para traficantes ou contrabandistas.

Juscelito Vidica do Prado, 50, foi preso ontem pelo Comando de Missões Especiais (CME) da PM, acusado de ser o líder local de uma quadrilha nacional responsável por uma nova modalidade de crime. Segundo explicou o major Ricardo Mendes, o grupo age da seguinte forma: apresenta identidade falsa e loca carros em alguma capital do País, em seguida sai do Estado e revende o carro por cerca de R$ 6 mil para traficantes ou contrabandistas que seguem no veículo, geralmente, para o Paraguai.
Ricardo Mendes explica que, como o veículo é locado, possui documento original e a princípio não é suspeita em uma abordagem rotineira. Além disso, em caso de problemas com a polícia, os criminosos podem abandonar o veículo, perdendo menos dinheiro. Por essas vantagens, esse tipo de crime vem substituindo o uso de carros conhecidos como “Finan” – financiados e revendidos antes do pagamento das parcelas.

De acordo com o major, Juscelito, que foi preso em sua residência no Bairro Santo Antônio em Goiânia, é o responsável por coordenar o crime em Goiás há pelo menos um ano. Ele acredita que devem existir outros integrantes do grupo agindo no Estado. “Sem dúvida a investigação não acabou. Estamos procurando mais pessoas.” Mendes afirma que a quadrilha deve contar com pelo menos um líder em cada uma das capitais do País.

Com Juscelito foram apreendidos aproximadamente R$ 4 mil em espécie, celulares, cinco veículos locados e documentos falsos – carteiras de habilitação eram 16, com diversos nomes e de diversos Estados. Os veículos haviam sido locados em São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte. Juscelito não tinha passagem pela polícia, apesar de que, de acordo com Ricardo Mendes, utilizava identidade falsa desde 1981. Ele está sob custódia do 8º DP. Há duas semanas, foi preso em Porto Alegre um suspeito de ser integrante desse esquema.

Aparecida de Goiânia
Cinco pessoas, entre elas três mulheres, foram detidas ontem com um Renault Clio, roubado na noite de quarta-feira no Jardim Monte Cristo, em Aparecida de Goiânia. O quinteto foi preso no Parque Haiyala,. A vítima afirmou que no momento da abordagem estavam quatro pessoas em um VW Voyage.
Foram detidos Tiago Elias Ferreira, 25, e E.L.F., 17. O menor já foi apreendido por roubo de carro, posse de entorpecente e posse ilegal de arma de fogo. Jânio relata que só ele já apreendeu E.L.F. duas vezes. “Há três meses o prendi por roubo de veículo.” Tiago tem passagem por roubo e por receptação. A participação das mulheres será investigada. Os suspeitos foram encaminhados ao 3º DP, em Aparecida.


EDIÇÃO DIGITAL


Ed. 2422 de 25/06/13





TWEETS @JORNALOHOJE


© 2012 - Jornal O Hoje - Todos os direitos reservados.
Reprodução parcial permitida desde que citada a fonte.
Home | Anuncie | Fale Conosco